Instrumento musical com Buzzer

Nesse exemplo vamos criar um programa que lê uma partitura e toca a música escrita através de um buzzer na Franzininho DIY. Vamos aprender como se usar um buzzer passivo para gerar cada nota musical com ajuda do timer0.

Boa prática!

Recursos necessários#

  • Franzininho DIY (com Micronucleos)
  • 1 buzzer passivo 5v
  • 4 jumpers macho-fêmea
  • 1 jumper macho-macho

Fazendo música com o Buzzer#

Nesse exemplo vamos através de uma lookup table vamos ensinar quais as frequências de cada nota, e com o uso do timer vamos variar a entrada no buzzer na frequência da nota que queremos. Com a ajuda de outra tabela, vamos dar para o Franzininho a sequência das notas que queremos que ele toque, podendo assim, tocar a música que quisermos.

O buzzer passivo funciona como um pequeno alto falante, enquanto tivermos a tensão nominal na entrada positiva e o terra na entrada negativa o imã dentro dele vai para frente. Por outro lado, quando tivermos terra em ambas ele volta para a posição inicial. Se variarmos entre esses dois estados na frequência de uma nota musical geraremos uma onda sonora com o tom dela.

As notas musicais ocidentais em uma escala maior são Do Do# Re Re# Mi Fa Fa# Sol Sol# Lá Lá# Si voltando para Do depois. Cada nota está a uma distância de meio tom da outra e a 6 tons de sua próxima oitava, que é a mesma nota porém mais fina.

Olhando pela frequência temos que partindo de da terceira oitava, 440Hz, cada uma oitava acima tem o dobro da frequência e cada oitava a baixo tem metade da frequência. Já para subir cada semitom, basta multiplicar por 2^(1/12), ou para x semitons, 2^(x/12).

Código#

/***********************************************
* @file main.c
* @author Eduardo Dueñas / Daniel Quadros
* @brief Exemplo tocar musicas usando buzzer
* @version 1.0
* @date 21/04/2021
*
* última modificação: 15/05/2021
**********************************************/
#include <avr/io.h>
#include <avr/interrupt.h>
#define F_CPU 16500000L
#define setBit(valor,bit) (valor |= (1 << bit))
#define clearBit(valor,bit) (valor &= ~(1 << bit))
#define toogleBit(valor,bit) (valor ^= (1 << bit))
#define testBit(valor,bit) (valor & (1 << bit))
#define NumNotas 32
#define CONT(freq) ((F_CPU*10L)/(256L*freq))
enum notas {Pausa, Do, DoS, Re, ReS, Mi, Fa, FaS, Sol, SolS, La, LaS, Si, DoM, DoSM, ReM};
long f[16] = {
255L, (long)CONT(5232L), (long)CONT(5543L), (long)CONT(5873L), (long)CONT(6222L), (long)CONT(6592L), (long)CONT(6984L),
(long)CONT(7400L), (long)CONT(7840L), (long)CONT(8306L), (long)CONT(8800L), (long)CONT(9323L), (long)CONT(9877L),
(long)CONT(10465L), (long)CONT(11087L), (long)CONT(11746L)
};
// {0xFF,123, 116, 110, 104, 98, 92, 87, 82, 78, 73, 69, 65, 62, 58, 54}
// Lookup table com os valores de cada nota a ser colocado na flag do timer
char Partitura[NumNotas] = {
Re, Mi, Mi, Re, Sol, FaS, FaS, FaS, Re, Mi, Mi, Re, La, Sol, Sol, Sol,
Re, ReM, ReM, Si, Sol, FaS, FaS, Mi, DoM, Si, Si, Sol, La, Sol, Sol, Sol
}; // Partitura da música
volatile char cont = 0; // Local da partitura
volatile long aux = 0;
// Tratamento de interrupção
ISR (TIM0_COMPB_vect) { // Vetor de comparação B
if (aux <= 0xff) { // Se aux menor que 8bits
OCR0B = (TCNT0 + aux) & (0xff); // Mandar aux para o contador
aux = f[Partitura[cont]]; // Reinicia o aux
toogleBit(PORTB, PB1); // Inverter o buzzer
}
else { // Se não
OCR0B = TCNT0; // Mandar o tempoatual para o contador, o mesmo que esperar um overflow
aux -= 0xff; // Subitrair 8bits do aux
}
}
// Função main
int main() {
enum notas nota;
setBit(DDRB, PB1); // Configura o PortB1 como saída, pino do buzzer
// Configuração do timer
TCCR0A = 0x00; // Configura pino de compararação desconectado
TCCR0B = 0x04; // Configura o prescaler como 256
setBit(TIMSK, OCIE0B); // Habilita a interrupção por comparação de COMPB
sei(); // Habilita interrupções globais
aux = f[Partitura[cont]]; // Inicia o contador de COMPB
if (aux <= 0xff) {
OCR0B = (TCNT0 + aux) & (0xff);
aux = f[Partitura[cont]];
toogleBit(PORTB, PB1);
}
else {
OCR0B = TCNT0;
aux -= 0xff;
}
// Loop infinito
for (;;) {
long i;
for (i = 0; i < 1000000L; i++) {
asm ("nop");
cont++; // Avança na partitura
if (cont >= NumNotas)cont = 0; // Toca de novo
}
}

Montagem#

circuito buzzer

Dependendo do buzzer é necessário conectar os jumpers diretamente nos pinos do buzzer ao invés de colocá-lo na protoboard.

Compilação e upload#

Para compilar o programa, acesse a pasta do exemplo e dê o comando make:

exemplos-avr-libc/exemplos/buzzer$ make

Como já temos o makerfile configurado na pasta, será feita compilação e deve aparecer a seguinte mensagem:

../../micronucleus/2.0a4/launcher -cdigispark --timeout 60 -Uflash:w:main.hex:i
Running Digispark Uploader...
Plug in device now... (will timeout in 60 seconds)
> Please plug in the device (will time out in 60 seconds) ...

Conecte a placa em uma entrada USB ou, caso a Franzininho já esteja conectada, aperte o botão de reset para iniciar o upload.

Resultado#

O buzzer deve tocar Parabéns para você e deve continuar em loop até a placa ser desligada.

Simule esse exemplo no WokWi

Conclusão#

O buzzer passivo é um componente muito versátil com o qual podemos, não só, tocar músicas como também gerar diversos tipos de efeitos sonoros, tudo que precisamos é entender como gerar o som que queremos. Além disso vimos como podemos usar interrupções de timer para funções que precisam de Real Time, ou seja, que precisam de precisão de tempo.

Glossário#

  • Setar: colocar um novo valor em um registrador. Para um bit é convencionado setar, mudá-lo para valor 1, e clear (limpar), mudá-lo para valor 0
  • Resetar: reiniciar
  • Timer: circuito eletrônico dedicado a contagem de tempo
  • Lookup table: tabela de consulta, no contexto de programação é um vetor com informações necessárias para o programa.
AutorEduardo Dueñas
Data:05/06/2020